A importância dos Grupos de Apoio à adoção

No ano passado participei do encontro Estadual dos Grupos de Apoio à Adoção do Estado do Rio de Janeiro e fiquei muito feliz em ver e ouvir tantas pessoas envolvidas com o tema. O mais interessante é perceber que pais e mães que já adotaram participam desses movimentos para apoiar e incentivar quem ainda está aguardando na fila.

Acredito muito nesses grupos e acompanho à distância o trabalho do Grupo de Apoio à adoção “Filhos do Amor de Resende”. Coordenado pelo Claudio Mendonça (um apaixonado pela causa), o grupo mencionado se reúne mensalmente visando a troca de experiências, diminuir a angústia de quem está aguardando na fila, divulgação na sociedade dos belos encontros através da adoção e auxiliar nas buscas pelo tão aguardado filho ou filhos. Além disso, o Grupo de Resende tem funcionado como rede de apoio na formação de outros grupos nas cidades vizinhas. Ou seja, através dessas reuniões mensais e da troca de informações via redes sociais o trabalho tem colhido muitos frutos.

No dia nacional da adoção, 25 de maio, quero parabenizar a essas pessoas (amigos da causa) que incentivam as adoções e estão auxiliando a mostrar para sociedade que há famílias maravilhosas sendo formadas pela via única do amor. Ainda existe preconceito, mas a força contrária tem sido maior!

Share
Odete Loureiro
Sobre o autor

ODETE MARIA LOUREIRO RIBEIRO é Assistente Social e trabalha atualmente no Poder Judiciário (RJ), lidando diretamente com questões relacionadas a crianças em situação de risco e pais candidatos a adoção. A Odete cursou Especialização e Mestrado Profissional em Gerontologia na Espanha (Universidade de Salamanca), é autora do livro “Adoção", pratica yoga, meditação, é vegetariana e adora uma boa foto.

Share on

Leave a reply