Carta para Ana Júlia

Querida Ana Júlia,

Há 10 anos acontecia o evento mais importante da minha vida e da sua mãe: o convite para que você passasse a fazer parte das nossas vidas, o convite para que você viesse iluminar o mundo de um jeito que só você pode fazer.

Você veio ao mundo frágil, necessitada de cuidados para que pudesse crescer. Isso fez com que eu e sua mãe pudéssemos aprender o que verdadeiramente é amar. Digo isso porque antes, vivíamos para nós. E com sua chegada, deslocamos o centro de nossas vidas em direção a você.

Eu sempre soube que seria um desafio ser um pai de qualidade. Em um mundo tão confuso e tão cheio de propostas, o papel do pai é especialmente difícil. Mas ao mesmo tempo, uma oportunidade maravilhosa, cheia de significado e de desafios.

Temos que dar a liberdade para que você cresça e seja independente, mas ao mesmo tempo precisamos fazer algumas escolhas para você. Algumas escolhas que podem ser duras de ser feitas, e que às vezes refletem se na palavra NÃO. Limites que precisamos colocar para que você cresça saudável e em segurança. Se você olhar com carinho, verá que nos limites que impomos está o mesmo amor com que cuidamos de você desde que nasceu. Peço a Deus que nos dê sabedoria para que possamos definir esses limites com amor.

Filha, em seus 10 anos de vida, a palavra que me vem ao coração é UNIÃO: de nós três, e com todos aqueles que nos rodeiam: seus avós, tios, primos e todos esses amigos que vieram à sua festinha e também os que não puderam vir.

A maior beleza da vida é não estar sozinho, sobretudo estar junto de pessoas que tem compromisso com o nosso bem e que gostam de nós do jeito que somos.

Você é o que temos de mais sagrado na nossa vida. Por isso filha, hoje, no dia que você completa 10 anos, permita-me lhe falar 10 coisas que vieram ao meu coração enquanto eu agradecia a Deus por sua vida.

São verdades do meu coração que eu gostaria que você ouvisse, e lembrasse mesmo quando eu não estiver mais por perto.

  1. A vida é um lindo presente de Deus. Ganhamos sem saber o porquê, mas precisamos dar a ela um sentido, e o AMOR é o maior deles. Agradeça todos os dias esse presente, olhando com gratidão o que Deus te dá oportunidade de viver diariamente.
  2. Seu corpo e sua mente são sagrados. Cuide deles. Cuidar é amar. O que a gente não cuida, adoece ou estraga. Não é fácil viver em um corpo ou mente doente.
  3. Faça boas escolhas: desde o que você escolhe para comer, passando pelos lugares que você vai, as pessoas que você traz para sua vida… Nem sempre o mais gostoso é o melhor. É difícil, mas necessário escolher com sabedoria. Não se preocupe, pois com o tempo essa sabedoria vem. Por enquanto confie em nós e em nosso amor por você.
  4. Nem sempre quando você ganha, você ganha. Nem sempre quando você perde, você perde. Quando você achar que perdeu, tenha paciência, olhe com cuidado. Haverá um presente de Deus escondido, como um ovo de páscoa para ser aberto.
  5. Preste atenção nas coisas que mexem com seu coração. Com aquilo que mexe com você mais do que com as outras pessoas. As dores que só você percebe, as alegrias que você sente mais intensamente que os outros. Perceba o que você faria sem que te pagassem nada, e aquilo que você faz bem e perde a noção do tempo fazendo… Nessas coisas estão escondidas as oportunidades de realização e de alegria, e a vocação de Deus para você. Aquilo que só você pode fazer no mundo.
  6. O dinheiro não é ruim. Nem tampouco a solução para tudo. Faça dele instrumento para o bem. Se você não usá-lo com sabedoria, ele vai te usar, em viagrasansordonnancefr.com suas fragilidades, e contra você.
  7. Cuidado com a preguiça, com a impaciência, com facilidades, com a raiva, com o julgamento. Ame a paciência, o esforço, a alegria e a gratidão. Essas são boas companheiras.
  8. Não se preocupe tanto com a sua felicidade. Ela virá a partir do momento que você não pensar nela. Faça o bem, escolha amar as pessoas e usar as coisas, e não amar as coisas e usar as pessoas. Comprometa-se com o que é o justo e se debruce sobre os projetos que o seu coração quer fazer pelas pessoas e pelo mundo. A felicidade será uma consequência de você dedicar o máximo de você para aquilo que o teu coração apontar como contribuição que só você pode dar ao mundo.
  9. Tenha especial atenção com os mais fracos, mais humildes, aqueles que são desprezados pelos outros. Eles precisam ainda mais do seu amor.
  10. E O MAIS IMPORTANTE: Seu coração é um projeto aberto para o infinito. Existe uma sede nele que nada, nada deste mundo pode preencher. Nada ! Coisa ou pessoa alguma vai preencher totalmente seu coração. Pode até parecer que sim, mas perceba que logo você vai querer mais ou então você se desinteressará por tédio. A única realidade capaz de preencher esse seu  coraçãozinho é o AMOR daquele que te criou, PAPAI DO CÉU. Pois ele te criou para isso. Para ser amada por ele, e amá-lo.

Sei que Ele às vezes parece difícil de encontrar, pois ele se esconde para confundir os fortes e arrogantes, mas Ele nos enviou um guia que é o melhor amigo que você pode ter: JESUS. Busque-o, e O encontrará.

Nós, seus pais, pedimos a Ele que esteja sempre presente na sua vida, e seja a luz que ilumina seu caminho.

Amamos você

Beijos de seu pai e sua mãe,

Jorge e Helena

WhatsAppFacebookTwitterGoogle+LinkedInEmailGoogle GmailYahoo BookmarksOutlook.com
Jorge Penedo
Sobre o autor

JORGE PENEDO é nascido em Cachoeiro de Itapemirim-ES e casado com Helena de Brito. O pai da Ana Júlia, de 13 anos, é formado em engenharia eletrônica pela UFRJ e atua profissionalmente como consultor de sistemas, escritor e palestrante. Encantado pela vida, pela família, pela educação e pelas relações humanas, gosta de usar as palavras para valorizar a vida, os relacionamentos e a forma como o homem lida com a própria existência e contribui com o meio onde está inserido.

Share on